Marketing de afiliados: Ótima forma de ganhar dinheiro em casa.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
A VPN is an essential component of IT security, whether you’re just starting a business or are already up and running. Most business interactions and transactions happen online and VPN
Trabalhando de casa do jeito que você quer

Vídeo patrocinado de Marketing de Afiliados, matéria logo abaixo:

Quero conhecer o Blogger Expert!

Marketing de afiliados para ganhar dinheiro em casa.

Mulher trabalhando de pijama tomando café

Antes de mais nada é a estratégia de entrar para uma rede de afiliados é uma ótima estratégia para influenciadores/blogueiros que procuram aumentar a renda, podendo ser sua estratégia principal ou complementar.

No decorrer deste artigo vou te explicar algumas formas de conseguir ficar Em Casa Ganhando com algumas possíveis estratégias de marketing de afiliados.

O melhor de tudo isso é mostrar que acordar de madrugada, atravessar uma cidade, trabalhar um dia inteiro no lugar que você provavelmente não gosta, se torna cada vez mais possível!

Ao invés disso você pode ficar em sua casa ganhando dinheiro, trabalhando nos horários que você estipula, podendo ganhar até quando está assistindo Netflix ou Dormindo!

Bem vindo ao Marketing de Afiliados.

Esta é uma forma de impulsionamento de vendas e geração de lucro online realmente significativo. Se mostrando altamente lucrativo para os donos dos produtos e infoprodutos, como para quem se afilia e ajuda no esforço de venda.

Alguns dados:

  • Em março de 2017, acertou seus programas de afiliação, oferecendo taxas que hoje variam de 1 a 20% da receita do produto para o afiliado que o divulga.
  • A cada ano os estima-se que este ano os Estados Unidos gaste mais de 6 bilhões de dólares só em marketing de afiliados, mesmo com a pandemia. Lá mais de 80% de marcas e editores fazem o uso de afiliados para alavancar suas vendas.
  • Há afiliados como Jason Stone, do Millionaire Mentor que chegou a vender 7 milhões de dólares em dois meses.
  • Nos últimos anos marketing de conteúdo envolvendo afiliados, já passou de 50% dos gastos das empresas em marketing, sendo responsável por 3x mais vendas.

E o que é esse tal de Marketing de Afiliados?

Lembra do vendedor de porta em porta dos anos 90? É a versão turbinada desta pessoa. Hoje ao invés de sair por aí batendo de porta em porta para conseguir uma venda, o afiliado cria conteúdos para apresentar algum produto. Com isso o afilado ganha uma comissão pela venda. Que varia muito de acordo com cada tipo de produto, mas pode chegar até 80%.

Ou seja, um afiliado escolhe um produto na plataforma (falaremos em breve sobre isso), promove esse produto criando conteúdo sobre ele e o indica. Se os seus seguidores comprarem por esta indicação (link) o afiliado recebe sua comissão.

Atualmente esta é uma das formas mais populares de se ganhar dinheiro online no mundo todo. Com diversas técnicas cabiveis, uma vez estabelecido pode gerar renda passivamente, te dando cada vez mais tempo para fazer outras coisas além de trabalhar.

Uma das formas de ser um afiliado de conteúdo é com um blog, como este que você lê, mas quanto mais presente nas mídias sociais o afiliado for, maior alcance ele tem e consecutivamente mais venda faz. Há diversas redes que ajudam o influenciador e cada uma tem sua particularidade.

Funcionamento geral do Marketing de Afiliados

Em poucas palavras podemos dizer que todo marketing de afiliados é uma forma de terceirizar o parte do trabalho de marketing de um produto. E isso é bom para ambos os lados, dá a chance de uma pessoa se afiliar, conseguir resultados e pagar suas contas.

Existem três partes principais envolvidas em todo este processo:

  1. O criador ou dono do produto.
  2. Afiliado ou influenciador.
  3. O consumidor final.

Podemos nos aprofundar bastante em cada aspecto destas partes e pretendo criar artigos sobre cada um deles, mas de forma concisa vou explicar o que cada um faz.

1. Criador ou dono do produto.

Este pode ser uma grande marca, empresa ou uma pessoa como eu e você, que tem um produto físico, aulas na internet, livro ou até serviço.

Na realidade o que importa aqui para você que está começando, é entender que esta pessoa precisa fazer é ter algo para vender, que tenha a possibilidade de você se afiliar e ganhar vendendo o que esta pessoa tem a oferecer. E é assim que você irá ganhar dinheiro em casa.

2. Afiliado ou influenciador:

Aqui estará você, se decidir começar a trilhar esse caminho assim como eu e muitos outros.

Sua função é a de divulgar um conteúdo de forma altamente atraente e encaminhar o cliente para a pagina de venda do produto em si. Há diversas formas disso ser feito, focando em blogs, redes sociais, mini sites e até só pelo whatsapp.

Idealmente o afiliado tem um publico alvo específico (que ele mesmo escolhe) e cria interesse ao produto que divulga (pode ser mais de um inclusive, quando inserido em um mesmo nicho). Acima de tudo o afiliado se torna uma autoridade nesse assunto e começa a influenciar cada vez mais na compra de seus produtos.

Também há muitos afiliados que vão para criador, a partir do momento que se tornam autoridade naquele assunto, acabam construindo produtos para esse público, ou até criando uma capacitação para outros afiliados. Além disso nada impede, que você tenha um produto e que ele tenha afiliados, mas também que você seja afiliado de outros produtos e continue a vende-los.

3. Consumidor final.

E é para encontra-lo que você irá trabalhar, seja como afiliado ou como criador. O consumidor é impulsionado a comprar seu(s) produto(s) ao interagir com suas redes sociais e te dará o tão sonhado retorno financeiro.

Ao comprarem qualquer produto desse tipo, o afiliado e o criador dividem os lucros do produto, mas muitas vezes o consumidor nem mesmo sabe que está comprando algo de um afiliado.

Nos Estados Unidos há uma lei que obriga afiliados a avisar seus possíveis clientes antes de apresentar qualquer produto. Apesar de no Brasil isso ainda não ser uma lei, é de bom tom, que também se faça o mesmo.

Uma duvida recorrente entre afiliados, é que se o consumidor encontrar o criador direto, seu preço não será menor. O lucro do afiliado está sempre incluso no preço do varejista. Inclusive plataformas como a Hotmart contém produtos que mesmo que a pessoa saia do seu link sem comprar e acabe no criador, você ainda ganha toda ou parte da comissão do produto.

Qual o real motivo para começar no Marketing de Afiliados?

Eu não consigo ver um só motivo para entrar no ramo de marketing de afiliados, mas seis.

1. Fique em casa ganhando dinheiro.

Apesar da piadinha com o nome do site, é ganhar dinheiro em casa é sempre o melhor motivo. Entretanto há vários bons motivos para fazer isso, se você odeia transito, se não gosta de ir todo dia pro escritório, não gosta de seus horários ou até mesmo só quer realmente ficar mais tempo com os filhos e família. Com esse trabalho, na realidade você nem precisaria tirar o pijama.

2. Custo baixo.

Qualquer negócio que você possa começar exige muito dinheiro, sobretudo, negócios com locais físicos, mão de obra, equipamento e etc. No caso de marketing de afiliados, provavelmente você já tem tudo que é necessário, um celular, talvez um computador e acesso a internet.

Apesar de existir muito para onde crescer, grandes estruturas com várias redes sociais, investimentos em sites, anúncios e etc.

3. Sem suporte ao cliente.

Quando você é apenas afiliado, toda a questão de tratamento de problemas com o cliente fica por conta do criador e da plataforma de afiliados. Mesmo que o consumidor te procure você só precisará indica-lo ao caminho correto.

4. Renda Passiva

Trabalhando com marketing de afiliados na realidade nunca acabará, sempre haverá mais artigos/fotos/vídeos para publicar, afinal é uma tentativa constante de chegar no cliente e leva-lo a compra.

Apesar disso, conforme a estrutura cresce, um trabalho antigo como um vídeo no Youtube de apresentação de um produto, pode continuar te rendendo comissões por meses ou até anos. Isso em certo tempo gera um fluxo estável de venda e que só tem possibilidade de aumento.

5. Flexibilidade.

Sabe aquela vida de freelancer que aparece em filme americano? De ter os seus próprios objetivos, trabalhar para si e de pijama? É completamente real e possível.

Há quem não tenha nem mais casa, como o pessoal do nômade digital que tem trabalhos como estes que permitem que eles ganhem em qualquer lugar do mundo.

Da mesma forma, essa flexibilidade se mostra também em como trabalhar, você pode testar várias formas de trabalho e decidir por si só qual seguir, sem ter que seguir normas de empresas ou o que os outros dizem.

6. Remuneração de acordo com trabalho.

Em um trabalho comum, você pode aumentar muito seu tempo de trabalho para uma diferença de remuneração quase a zero, já aqui quanto mais se dedica a chance de lucrar mais é alta, de tal forma que te permite poder escolher trabalhar menos que num salário normal.

Formas mais comuns de trabalho no Marketing de afiliados.

Cuidando do bebê enquanto trabalha em casa

Se você já viu outros materiais sobre isso comumente separam o marketing digital de duas formas comuns que separam o trabalho, aparecer ou sem parecer e trafego pago e orgânico. Sinceramente acho uma visão errônea pois você pode ter um canal de YouTube sem aparecer ou um site sem gastar com anúncios.

Então pessoalmente eu prefiro dividir destas formas:

1- Mini Sites

É um site direto ao ponto, com uma quantidade pequena de artigos, muitas vezes até só com um artigo levando ao produto em questão. Geralmente ele é trabalhado com anúncios de buscadores ou redes sociais, mas também há possibilidade de frutos sem gastar muito conseguindo uma colocação na primeira pagina de buscadores.

Prós: Relativamente fácil de fazer, investimento monetário médio e não requer que você revisite tanto.

Contras: Fácil de deixar de aparecer em buscas, é muitas vezes é difícil para iniciantes para conseguir tráfego tanto pago como orgânico.

2. Blogs

Sinceramente, é provável que blogs sejam a forma mais difundida de ganhar dinheiro na internet no mundo inteiro, as possibilidades são enormes, é algo que vai ser sempre seu (diferente de uma rede social que vc precisa ainda seguir regras dela). Há diversas formas de se fazer o marketing de afiliados nessa categoria, avaliação de produto, autoridade, estilo de vida. Além de ser mais fácil de misturar tudo

Prós: Barato, grande possibilidade de crescimento orgânico, maior autonomia.

Contras: O aprendizado nunca para quanto a técnicas de colocação em buscador. Pode se tornar caro

3- E-mail e grupos de WhatsApp/Telegram

Juntei ambos por conta de nos últimos meses haver uma migração dos e-mail para os grupos em alguns setores do mercado de afiliados, mas cada um tem ainda um motivo.

E-mail precisa de algo maior para a capturar estes e-mails (normalmente um blog) e também uma estrutura de envio, mas é uma é tecnica que já se mostrou muito eficaz para levar as pessoas para sua estrutura maior e por fim levar a venda.

Já os grupos variam muito de motivo e mercado, mas cada vez menos as pessoas olham os e-mails, ainda mais aqueles que podem parecer ser SPAM. Os grupos permitem maior engajamento e podem converter mais gente a acompanhar.

Prós: Maior contato direto com o publico

Contras: Requer mais trabalho, precisa de uma estrutura maior para capturar números/e-mails no caso de e-mail marketing as vezes é bem caro.

4. Influenciador

Este é um vendedor que realmente aparece, seu nome já diz tudo, ele influencia as pessoas a comprarem produtos e serviços. Há influenciadores que são mais diretos, te produtos de seu lifestyle, e te encaminhando ao link, ou menos diretos que só aparecem com algumas marcas, citam coisas e seu pagamento pode ser por postagem, ou de acordo com o lucro gerado pós campanha.

Prós: A maioria cria conteúdo sobre seu dia a dia, sendo um nivel de complexidade menor

Contras: Apesar de hoje ter micro influenciadores, hoje para começar você já precisa de uma grande quantidade de seguidores, então você vai demorar para começar a ganhar.

E como começar a no Marketing de afiliados?

Trabalhando feliz, em casa ao lado do cachorro

Bom como já deu para ver há diversas formas de se trabalhar, mas tenho algumas dicas para dar.

1. Qual o tema que você quer falar?

Bom já está claro que para entrar no marketing digital você vai precisar falar, seja escrevendo num blog/mini site, seja num vídeo do YouTube ou com suas fotos no Instagram. Procure um tema que você goste e que tenha conhecimento sobre (você nunca parará de estudar sobre ele agora, então precisa ser algo que você goste). Neste meio chamamos isto de nicho.

2. Procure os produtos e serviços.

Bom, você vai precisar achar o que vender, mesmo com um nicho muito bem definido não é mesmo? Eu mesmo quando comecei escolhi um nicho que pessoalmente gostava muito, mas notei que a qualidade dos produtos deste nicho (na época) não eram tão boas e me fizeram mudar.

Em resumo, procure por produtos que mostrem uma qualidade boa, e que seus criadores se mostrem (isso é realmente importante), evite produtos que você ou outras pessoas duvidem.

Por fim cuidado, também é necessário observar o grau de procura sobre isso, olhe em buscadores e nas redes sociais o que falam sobre seu nicho para descobrir se ele é procurado.

3. Audiência.

Todo afiliado precisa de uma audiência, depois de escolher os nichos e os produtos você precisa saber quem é seu público. Sem dúvida não adianta tentar vender um produto para grávidas tendo uma audiência de homens solteiros, não é mesmo? Além de entender quem é sua audiência, você vai precisar cria-la, interagir com essas pessoas, procura-las, saber como elas pensam.

4. Venda de forma pessoal.

Toda a escolha do nicho/audiência e sua relação com ela é para justamente você conseguir vender diretamente para as pessoas, fale com elas dessa forma. Venda algo que realmente resolva um problema dessa pessoa.

5. Amplie.

Muitas vezes afiliado começam acabam focados em uma forma, ouve-se muito sobre aplicar um método até obter resultado e isso é uma grande verdade. Ainda assim é necessário olhar sempre em volta, se você criar um blog fitness, será muito mais interessante também estar no Instagram por exemplo.

6. Atualize-se.

Como já disse, muitas pessoas escolheram essa vida para si, certo? Então quem fica para trás com certeza acaba caindo. Sempre há gente falando sobre isso em canais especializados (aqui, oie), em eventos e etc. Participe para estar por dentro de tudo que há de novo, para estar a frente de outros.

7. Recomende o que você realmente conhece.

Afinal se você vende um produto, é importante que você o tenha vivenciado, as pessoas acabam percebendo quando você fala de algo sem conhecer especificamente. Isso é tão importante até para a imagem do criador do produtos, que diversos donos de cursos só permitem alunos como afiliados.

Além disso não promova diretamente o produto, mas mostre que ele é útil, assim é mais provável de ocorrer a venda.

8. Diversifique o criador.

Um erro que cometi logo no inicio, foi utilizar vários produtos de um mesmo nicho de um mesmo criador. Por mais que pareça bom vc trabalhar com quem já conhece, eu tinha outro blog e concentrava todos meus esforços a vender 3 cursos, em uma semana vi que não houve venda alguma quando notei ele simplesmente havia parado com o negócio e meus links não davam em nada.

Outra questão é que há diversas questões do lado de quem produz o que você está vendendo e você começará entender que sem dúvida alguns criadores também trabalham melhor e quais vendem mais.

9. Utilize boas ferramentas.

Há diversas ferramentas inclusive gratuitas que ajudam com várias questões, para analisar o seu tráfego, seu público e sempre entender mais sobre o seu negócio.

Utilizando o Ubbersugest eu consegui entender mais por onde as pessoas chegavam em meus blogs e criar mais conteúdos como esse.

Com o Google Analytics por exemplo, consegui entender melhor quem é meu público e até quanto tempo eles ficam dentro do blog.

Logo soltarei um artigo só de ferramentas para melhorar seus resultados.

Os principais erros de iniciantes no Marketing de afiliados.

1. Pular estratégias.

Já disse ali em cima, mas volto a ressaltar a importância do foco, as vezes a primeira venda pode demorar alguns dias para vir, mas é necessários aprender uma estratégia e testar até onde conseguir.

Por outro lado se notar que não está dando certo, fique pelo menos até saber onde e o motivo de não ter dado. Afinal, muita gente faz dinheiro como afiliado de diversas formas, dificilmente você baterá numa forma completamente errada.

2. Criar conteúdos complexos.

Crie conteúdos de forma simples, nada complexo de ser lido, salvo em nichos muito específicos. Portanto, se você está num nicho que é sobre cursos para prestar um concurso publico, lembre que você escreve para quem ainda não passou, ainda não possui todos ou quase nenhum conhecimento sobre o assunto.

Cuidado com as imagens utilizadas, não use fontes dificeis de serem lidas ou padrões de cores estranhos.

3. Não seja completamente obvio

Sim, você é um vendedor, mas transformar seu canal num e-commerce de produtos afiliados é de longe a pior das ideias. Estude sobre Copywriting e como convencer as pessoas a comprar, não só jogue as coisas na cara delas.

Principais programas para se afiliar:

Como se capacitar para inicar:

Computador notebook e café na mesa de casa

A internet é cheia de artigos, vídeos e diversos artigos para aprender nesse mundo. Só com ajuda do Google você consegue chegar lá, este próprio artigo é um bom começo.

A fim de começar bem eu mesmo preferi escolher um curso para não gastar meu tempo e até dinheiro com coisas que eu não entendia tão bem, o principal fator que me fez escolher investir dinheiro é para acelerar o processo de aprendizado de um método que funcione e que já foi testado.

Dá para encontrar muitos hoje em dia, de todos os tipos e preços, vou deixar alguns que eu conheço, se quiser fazer algum agora é por sua conta. De qualquer forma não deixe de começar no marketing digital e ficar Em Casa Ganhando dinheiro!

Blogger Expert

O curso:

O Treinamento BLOGGER EXPERT foi criado com intuito de ajudar pessoas comuns e também afiliados iniciantes a criarem um blog gratuito PASSO A PASSO EM VIDEO AULAS EM 10 MÓDULOS, utilizando a plataforma gratuita (Blogspot), ensinando passo a passo utilizando apenas ferramentas GRATUITAS, desde a criação do blog, personalização da URL, instalação e personalização do layout, tema responsivo, otimização, criação de email marketing, criação de pagina de vendas, como utilizar os hotlinks de forma correta e estratégica nos artigos, criação de logomarca, estrategias de vendas para iniciantes, e muito mais.

Minha opinião:

É incrível como um curso barato tem uma qualidade tão boa. Sou fã da Renata Massa, também por ela ter um treinamento de Canva Para Negócios que me ajudou muito. Os produtos delas são incríveis e muito bem feitos, esse é um ótimo ponto de partida!

Preço: R$97,00

Quero conhecer o Blogger Expert!

EMA – Estratégia Milionária para Afiliados

O curso:

Estratégia Milionária Para Afiliados é um treinamento em VÍDEO AULAS DETALHADAS, do iniciante ao avançado, onde ensino uma das minhas estratégias que mais me deu resultado como Afiliado Digital. Ela é responsável por um faturamento de mais de R$ 50 MIL/mês na internet, e pode ser aplicada por qualquer pessoa sem experiência, seguindo o passo a passo apresentado nesse treinamento.

Identifiquei, aperfeiçoei e cheguei a uma estratégia realmente eficiente que eu NUNCA vi ninguém compartilhar. Não estou falando de BLA BLA BLA que você encontra no Youtube ou vê qualquer um ensinando na internet. Estou falando de algo sério, jamais compartilhado e que ninguém NUNCA ensinou.

Não existe no mercado um treinamento dessa qualidade, em vídeo aulas, com suporte, por um preço absurdamente baixo que até parece piada!

Minha opinião:

Sem dúvidas o Gian Garcia entrega o que fala , dessa forma seu conteúdo único, completo e bastante detalhado sobre como ser um afiliado e também um dos que trás resultados mais rápidos. Apesar de também ser o mais trabalhoso dos aqui listados.

Em seu curso seu foco é principalmente a utilização do whatsapp para alcançar as vendas, é um método que funciona, mas não é bem o meu estilo. Além de ser completamente diferente do curso anterior.

Preço: A partir de R$97,00

Quero conhecer o EMAt!

Inicie logo no Marketing de afiliados.

Independente de você fazer um curso, ou escolher alguma das estratégias que eu comentei o importante é começar. Comece nem que seja uma hora por dia, na hora do almoço ou depois do expediente que te asseguro que logo estará Em Casa Ganhando.

user

user

Leave a Replay

About Me

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

Recent Posts

Follow Us

Weekly Tutorial

Sign up for our Newsletter

Click edit button to change this text. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit